À Igreva Evangélica Vida Nova de Cachoeirinha
         
"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo." Apocalipse 3:20
         
         
MISSÃO   VISÃO
Prover um lugar de amor e comunhão. Ser um lugar onde os desanimados, os feridos e os sem esperança possam vir e encontrar ajuda. Ser um lugar de famílias, de comunhão e de esperança, multiplicando assim, os discípulos e seguidores de Jesus Cristo.   Ser reconhecida como:

a)uma igreja apaixonada por Jesus, onde as pessoas são recebidas de braços abertos.

b)uma igreja que ama e fala da Palavra de Deus.

c)uma igreja onde as pessoas, através de Jesus Cristo, venham a ser quem elas verdadeiramente deveriam ser.

 
 

 

 

 

10

Jun
Café com Jesus dos homens

Participe do nosso café e traga um amigo. Desfrute da palavra de Deus e de uma café muito saboroso. Esperamos você de braços abertos e com os corações cheios do espirito santo.

11

Jun
Culto de Santa Ceia

Traga sua família para remissão dos pecados e comunhão com os irmãos na fé. Ceiamos apenas neste culto, o qual sempre ocorre no segundo domingo do mês.

 

 

 

 

 

 

 

 

Editorial

A história da Igreja Evangélica Vida Nova não começa há 25 anos, porém a mais de 2.000 anos atrás. Quando Jesus iniciava seu ministério na terra e convocava doze homens para dar início ao maior projeto de transformação de vidas, do qual nós nos incluímos. Lembrar a igreja primitiva nos inspira e fascina. Ver homens simples e humildes aceitarem o desafio de deixar tudo para seguir a Cristo, dedicando-se de corpo e alma ao projeto de nosso Senhor Jesus: ganhar almas através da loucura da pregação! A história é fascinante e assustadora, mas em menos de trezentos anos a igreja ganhou a simpatia de todo o povo: Pedro, Tiago e João e tantos outros discípulos nos inspiram. Fascinante, porque, cheios do Espírito Santo, conquistavam a simpatia de homens e mulheres para uma proposta de nova vida. Assustadora, porque lutavam contra as ordens do grande império romano, que dominava o mundo conhecido naquela época. E, como "todo-poderoso", ordenava a vida e a morte daqueles que não cultuavam seus imperadores.